Tipos de Impressoras

Pode parece besteira, mas assim que os computadores se transformaram em utensílios domésticos umas das coisas mais importantes para que essa maquina se popularizasse tanto assim foram, justamente, a aparição da impressora.

Para muitos, até o último prego no caixão das máquinas de escrever, já que o ato de poder passar para o papel aquilo digitado nas telas dos antigos PCs, tornou quase supérflua a existência dos pesados equipamentos, ainda que até hoje o barulho das teclas e o pequeno sino do fim da linha ainda faça muitos se aventurarem entre elas.

impressora

Mas de lá para cá a impressoras se tornaram mais e mais modernas e funcionais, aceitando não só qualquer tipo de papel, como usando diversos tipos de métodos de impressão e até já chegando a imprimir objetos em três dimensões. Muito mais que um simples periférico, elas se tornaram então obrigatórias não só em casa, mas em empresas e gráficas (que abraçaram mais ainda a facilidade do dispositivo).

Em casa, hoje, já aparecem mescladas a faxes, scanners e até telefones em modelos multifuncionais, assim como já esbanjam diversificação imprimindo não só por meio de cartuchos de tinta, e fitas (como as antigas maquinas de escrever), como já usam laser e, em escala comercial, muitos outros dispositivos como solventes, cerâmica etc.

Impressora Matricial

impressora matricial

Primeira impressora a se popularizar em termos domésticos, ainda pode ser encontrada hoje em alguns poucos lugares, já que seu custo de impressão (por meio de uma fita) ainda não conseguiu ser batido, se tornando ainda muito usada em escritórios e comércios, já que seu papel usado (perfilado) ainda pode ser usado em companhia de uma folha de papel carbono, o que permite já duas copias automáticas.

 

Impressora a Jato de Tinta

cartuchos de tinta de impressora

A mais popular nos dias de hoje, ganha todo esse espaço também pelo preço e pela facilidade de troca de cartuchos, já que hoje eles podem ser reaproveitados. Além disso, ainda apresenta uma qualidade bem maior que a matricial, já que trabalha livremente com quatro cores.

 

Impressoras a Laser

topo da tecnologia apresentada em impressoras domésticas, ainda não ganhou muito lares, pois seu preço acaba sendo pouco interessante. Em compensação, prima por uma qualidade quase profissional de impressão, o que já faz com que muita gente prefira gastar um pouco mais de dinheiro, mas garantir um trabalho muito mais preciso e perfeito.

Térmica

Pouco (ou nada) usada de modo doméstico, se popularizou nos comércios, pelas maquinas impressoras de cupons fiscais. Usa um mecanismo que derrete a tinta sobre um papel especial, o que torna seu custo baixo, mas, em compensação (pela fragilidade do processo) desbota com o tempo e, muitas vezes o papel perde completamente a impressão.

Solvente

Saindo dos pequenos comerciantes e casas, as impressoras à solventes podem ser encontradas e empresas gráficas e beareaus de impressão, já que são usadas para imagens maiores, banners, faixas e adesivos.

impressora plotterImpressoras Plotter

Usada para impressões maiores ainda que as de solvente, usa do mesmo princípio da doméstica a laser ou jato de tinta, mas com a possibilidade de imprimir grandes mapas cartográficos, projetos de engenharia e semelhantes em papeis especiais.

Cera Térmica

impressora 3d

Usadas em transparências, tem uma curiosa técnica que reside em derreter a cera colorida sobre a superfície a ser impressa, em muitos lugares também acaba sendo usada para colocar informações e fotos e crachás e matérias plásticos.

O mundo das impressoras ainda acaba chegando em fábricas, com as impressões em tinta sólida, que servem para plásticos e outros tipos de embalagens, assim como as caríssimas maquinas em Dye-Sublimation, usadas apenas para testes em publicidade e pesquisas científicas, onde o custo-benefício daquilo precisa ser ignorado em relação a qualidade final.